Contexto SAGRADAS ESCRITURAS, 12.set.2017, Amós 2

Assim diz o SENHOR: Por três transgressões de Israel e por quatro, não retirarei o castigo, porque vendem o justo por dinheiro e o necessitado por um par de sapatos.
[Joel 3.3; 2Reis 18.12; Amós 5.11-12]
Suspirando pelo pó da terra sobre a cabeça dos pobres, eles pervertem o caminho dos mansos; e um homem e seu pai entram à mesma moça, para profanarem o Meu santo nome.
[Amós 5.12; Isaías 10.2; Ezequiel 22.11; Miqueias 2.2]
E se deitam junto a qualquer altar sobre roupas empenhadas e na casa de seus deuses bebem o vinho dos que tinham multado.
[Amós 6.6; Êxodo 22.26-27; Deuteronômio 24.12-17; Juízes 9.27; Isaías 57.7]
Não obstante EU ter destruído o amorreu diante deles, a altura do qual era como a altura dos cedros, e cuja força era como a dos carvalhos; mas destruí o seu fruto por cima e as suas raízes por baixo.
[Malaquias 4.1; Números 13.32-33; 21.23-25; Jó 18.16; Gênesis 15.16]

[45375]


O FILHO de DEUS não nasceu em 25 de dezembro.
Então, entenda!!

.

[Em compilação com o amado irmão Edward Burke Junior]

Sigamos a exortação de Efésios 5:

"Portanto, vede diligentemente como andais, não como néscios, mas como sábios, 
usando bem cada oportunidade, porquanto os dias são maus."

Quando chegamos, principalmente nesta época do ano, há várias manifestações quanto à comemoração do natal; uns de repúdio, outros de desprezo e outros que se conformam.

Definitivamente JESUS não nasceu em 25 de dezembro.

E podemos fazer as contas de duas formas:

- A primeira, temos em Lucas, capítulo 1, quando nos fala de Zacarias, pai de João Batista; e a Palavra nos mostra que ele ia cumprir a sua função sacerdotal e era da turma de Abias;
em 1Crônicas 24.1-19 nos mostra que esta era a oitava turma a servir no templo; o primeiro mês a contar é o de Abibe [Êxodo 12.1-2] que para nós corresponde ao mês de março;
pelas contas Zacarias entrou no templo no mês de Tamuz, que corresponde a junho, quando Izabel ficou grávida; sabemos que Maria concebeu (engravidou) a JESUS seis meses depois [Lucas 1.26-38], isto é em dezembro;
portanto, JESUS  nasceu no final de setembro, começo de outubro!!

- Uma outra conta que podemos fazer é que JESUS morreu na Páscoa dos judeus, que era comemorado no dia 14 do mês de Nisã, isto é, cerca de 1 de abril; ELE tinha cerca de 33 anos e meio, então isto confirma seu nascimento próximo de outubro!!

Bem, o que fazer então?
Vamos comemorar neste 25 de dezembro o nascimento de JESUS??
Isto seria uma brincadeira uma vez que temos conhecimento da verdade!!
Vamos usar de repúdio neste dia, manifestar desprezo ou nos conformar? Temos que ser sábios.
Devemos usar bem cada oportunidade, e esta é uma para falar de JESUS , o Autor e Consumador da nossa fé; que só nELE há salvação, e que ELE é o único mediador entre DEUS e os homens.
Não se torne uma pessoa intransigente, carrancuda, mesmo um néscio, mas um instrumento do SENHOR para corrigir com mansidão os que resistem, na esperança que DEUS lhes conceda o arrependimento para conhecerem plenamente a verdade.
Lembre-se da misericórdia que o SENHOR teve do seu tempo de ignorância.
É misericórdia que o SENHOR quer, e não sacrifício!!


"Porque eu quero a misericórdia, e não o sacrifício;
e o conhecimento de DEUS, mais do que os holocaustos."

[Oséias 6]


Porque dELE e por ELE, e para ELE, são todas as coisas; glória pois, a DEUS eternamente;
Nos interesses da Igreja que CRISTO edificou. Amém.


Lideranças eclesiásticas fazem contínuos meninos da fé

.


Diversas perguntas não encontram respostas sobre tanto vislumbre e dependência aos homens religiosos (lideranças eclesiásticas) e em seus sermões patéticos!!

Esclarecendo que, lideranças eclesiásticas, são os religiosos obreiros da 'igreja instituição' e/ou, instituições religiosas, algumas apelidadas de 'igrejas', os tais pastores (tanto presidentes, como auxiliares), bispos, missionários, apóstolos, reverendos, padres, médiuns, e todo e qualquer cargo nestas instituições.

Pois bem, sempre que ressaltamos o assunto 'liderança' da igreja instituição, muitos querem nos calar e que não podemos fazer qualquer recriminação ou até mesmo comentários sobre as falhas, enganos, usurpação da Bíblia como forma de justificar anseios do próprio ventre, charlatanismo, equívocos dos representantes de um povo que afirma buscar a DEUS, ambos dizem não estar na carne, mas no ESPÍRITO, se é que o ESPÍRITO de DEUS habita neles!!

Jamais devemos e de forma nenhuma poderemos, como arautos [Isaías 58], nos calar ante este grupo de lideranças eclesiásticas e seu linguajar religioso artificial que é incompreensível para as pessoas que frequentam os lugares apelidados de 'igrejas', incautas e inconstastes, do "não toqueis no ungido do SENHOR"!!

Além deste jargão religioso, as lideranças eclesiásticas tem por estelionato bíblico:

- usar de Efésios 4.11, dizendo que DEUS os constituiu como guias e lideres do rebanho, porém, aqueles que se permitem em conhecer e confessar que o FILHO de DEUS é Seu SENHOR e SALVADOR, pelo batismo do ESPÍRITO SANTO, são conduzidos, guiados, não necessitam de outros homens, mesmo por que, DEUS tem dado dons espirituais, não cargos, para o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo (a Igreja santa, pura, imaculada, sem paredes, orgânica) de CRISTO; até que cheguem à unidade da fé, e ao conhecimento do FILHO de DEUS, a homem perfeito, à medida da estatura completa de CRISTO, para que não sejam mais meninos inconstantes, levados em roda por todo o vento de doutrina das denominações e instituições religiosas, pelo engano dos homens que com astúcia, pela fraude, enganam, e que por indução maligna às mentes incautas, limitam a ação do ESPÍRITO SANTO;

- usar de Hebreus 13.17, para impor autoridade e sujeição sobre os outros, entretanto, DEUS não tem constituído homens para que tenha domínio sobre a herança, mas servir de exemplo, apascentando o rebanho de DEUS, tendo cuidado dele, não por força, mas voluntariamente; nem por torpe ganância, mas de ânimo pronto [1Pedro 5];

- contudo, a verdade bíblica que as lideranças eclesiásticas deturpam e escondem é que os ministros do evangelho segundo Efésios [4.11] recebem 'autoridade' de DEUS para levarem as pessoas a CRISTO e velar por elas [Hebreus 13];
mas, não há testemunho bíblico de que devem, por exemplo, dentre outros, receber dízimos e ofertas para compra de terrenos, construção de templos, carros e aviões, pagamento de funcionários, papel higiênico, material de escritório, sustento de família, usar estolas para se diferenciarem dos demais membros...

A unção do ESPÍRITO SANTO [1João 2], ensina, guia, orienta, da convicção ao crente de que ele tem liberdade em CRISTO, não precisa se submeter a homens e seus cargos eclesiásticos;
pelo engano e crendice, muitos aceitam que é apenas sobre as lideranças eclesiásticas que a unção esteja; não é por que o, erroneamente chamado de 'líder', recebeu uma ungida (geralmente é bruzuntada de óleo barato mesmo) de outro homem que se faz melhor que os outros, que ele se torna liderança eclesiástica!!

A unção do ESPÍRITO SANTO é um acontecimento serendipitoso |ô|, é feliz, agradável e acontece de forma inesperada, e não por força ou vontade de outros homens, ninguém, ninguém mesmo, precisa de sermões de religiosos das lideranças eclesiásticas que de seus púlpitos ou patéticos programas de tv, dão cusparadas em discursos débeis, anunciam apenas dois ou três versículos bíblicos que usam de forma pouco perceptível, insignificante, usam negócios ou fatos seculares, atributos mundanos, para justificar suas ideias (não entendimento bíblico).

A exposição da Palavra de DEUS [contida na Bíblia] é o ápice da pregação do anúncio da salvação na pessoa de nosso SENHOR e SALVADOR, o FILHO de DEUS; pregar não é para abduzir, arrebatar o entendimento de meninos na fé.

A exposição da Palavra de DEUS [contida na Bíblia] é mantimento sólido para os perfeitos, os quais, em razão do costume, têm os sentidos exercitados para discernir tanto o bem como o mal [Hebreus 5];

Somos criados pela exposição da Palavra de DEUS [contida na Bíblia] com leite, e não com carne [1Coríntios 3], entretanto, os evangélicos e tantos outros que andam pelas lideranças eclesiásticas, ainda não podem, nem tampouco ainda agora podem, porque ainda são carnais; pois, havendo entre eles inveja, contendas e dissensões, não são porventura carnais, e não andam segundo os homens?
Porque, dizendo um: Eu sou assembleiano; e outro: Eu batista; e outro: Eu presbiteriano; e tantas outras denominações e religiões; porventura não são carnais?

O grande, sinistro, funesto problema das lideranças eclesiásticas é que, devendo já ter entendimento pelo tempo, ainda necessitam de que se vos torne a ensinar quais sejam os primeiros rudimentos das palavras de DEUS;
fazem aos outros e a si mesmos de meninos na fé, apesar de cursos teológicos, conhecimentos bíblicos, insinuam que homens religiosos, as lideranças eclesiásticas, criaturas imperfeitas, pecadoras detêm alguma coisa, e porquanto, deturpam que o verdadeiro entendimento bíblico, o ensino das Sagradas Escrituras vem de DEUS pela unção/ação do ESPÍRITO SANTO!!

Mas, a estes, responde, pois, Jesus, e diz:

"Está escrito nos profetas: E serão todos ensinados por DEUS.
Portanto, todo aquele que do PAI ouviu e aprendeu vem a mim[João 6].



Porque dELE e por ELE, e para ELE, são todas as coisas; glória pois, a DEUS eternamente;
Nos interesses da Igreja que CRISTO edificou. Amém.


.

Ser desigrejado é sair da instituição. Apenas!!


Assalto a luz da Bíblia??!!

.

Tumblr_m7xk5lugff1ra9ykoo1_500_large
Muitos, evangélicos, têm permitido em se fazer de presas (mantenedores, financiadores) de um sistema que utiliza da Bíblia como forma de manutenção para entidades religiosas apelidadas de 'igrejas', e por conseguinte, do sustento de seus fundadores e idealizadores.

E esta atitude não passa de falta de entendimento da Palavra de DEUS [contida na Bíblia].

Sempre quando fazemos alguma abordagem que se refere ao vil metal, dinheiro, algumas dezenas de evangélicos se fazem de melindrosos e dizem que nos apegamos ao dinheiro e que vez por outra, de maneira sistemática, preferem que nos calamos e ficam de ouvidos arreganhados para degustarem a podridão religiosa que seus pastores proferem dos púlpitos mercenários, assaltando a luz da Bíblia!!

A Bíblia não dá autoridade a ninguém, a nenhum ser vivo racional, para que a use de forma a sustentar instituições e muito menos a prole (filhos, geralmente, problemáticos) de pastores, bispos, apóstolos, reverendos, padres.

Somente pessoas avarentas, tolas, ingênuas, possessivas e que buscam facilidades nesta vida terrena aceitam em entregar dinheiro em forma de dízimos, ofertas, boletas, ajuda, ou qualquer outro título que seja, nas mãos de um religioso e esperar bênçãos de DEUS; que, aliás, jamais virá!!

A Palavra de DEUS [contida na Bíblia] diz em 2Coríntios 3 que, todos nós, com rosto descoberto, refletindo como um espelho a glória do SENHOR, somos transformados de glória em glória na mesma imagem, como pelo ESPÍRITO do SENHOR;

Porém, sem dúvidas alguma, muitos evangélicos têm esmurrado o próprio reflexo da glória do SENHOR em detrimento a ouvir homens religiosos e não a voz do BOM PASTOR!!!


Porque dELE e por ELE, e para ELE, são todas as coisas; glória pois, a DEUS eternamente;
Nos interesses da Igreja que CRISTO edificou. Amém.


A IGREJA está em nós. Não nós na igreja!!

.

Esta é uma palavra fiel, e digna de toda a aceitação, que CRISTO JESUS veio ao mundo, para salvar os pecadores [1Timóteo 1].

Porém, em tempos de outrora estávamos sem CRISTO, separados da comunidade de Israel, e estranhos às alianças da promessa, não tendo esperança, e sem DEUS no mundo;
Mas agora em CRISTO JESUS, nós gentios, que antes estávamos longe, já pelo sangue de CRISTO chegamos perto [Efésios 2].

Se, pois, estais mortos com CRISTO quanto aos rudimentos do mundo, por que na igreja instituição (igrejas e denominações evangélicas e tantas outras) vos carregam ainda de ordenanças, como se vivêsseis no mundo, tais como: Não toques, não proves, não manuseies?
As quais coisas todas perecem pelo uso, segundo os preceitos e doutrinas dos homens;
As quais têm, na verdade, alguma aparência de sabedoria, em devoção voluntária, humildade, e em disciplina do corpo, mas não são de valor algum senão para a satisfação da carne;

Então, tende cuidado, para que ninguém vos faça presa sua, por meio de filosofias e vãs sutilezas, segundo a tradição e crendice dos homens, segundo os rudimentos do mundo, e não segundo CRISTO [Colossenses 2];

Muitos, porém, tem colocado suas forças, esperanças, e entregue dádivas nas mãos de religiosos (pastores, bispos, apóstolos modernos, reverendos, padres, médiuns, e tantos outros) por que querem bonanças, facilidade em adquirir e resolver problemas terrenos, e negligenciam a exortação, admoestação, amor de CRISTO em Mateus 10:

"E quem não toma a sua cruz, e não segue após mim, não é digno de mim".


Porque dELE e por ELE, e para ELE, são todas as coisas; glória pois, a DEUS eternamente;
Nos interesses da Igreja que CRISTO edificou. Amém.


CORDEIRO de DEUS, que tira o pecado do mundo.

.

O beneplácito, ou a ANUÊNCIA, APRAZIMENTO, APROVAÇÃO, AQUIESCÊNCIA, CONSENTIMENTO de DEUS para conosco, pobres e miseráveis homens (e mulheres) crentes, por Sua infinita misericórdia, foi nos dar Seu FILHO Unigênito [João 3.16], e ESTE, por Si, se deu por nós, tendo morte de cruz, fazendo-se maldição no madeiro [Gálatas 3.13], para que todo aquele que nELE crê não pereça, mas tenha a vida eterna.

Então, quer dizer que DEUS nos deu Seu FILHO Amado para que todo aquele que nELE crê tenha a vida eterna, então...

... p'ra que frequentar lugares apelidados de 'igrejas' (igrejas evangélicas e outras) e entrar nas filas para entregar envelopes com dinheiro esperando que DEUS abençoe ou resolva problemas desta vida presente, e terrena??

Simples. É crendice dos evangélicos e dos que frequentam casas e instituições religiosas!!




Se entregar (dízimos, ofertas, contribuições, qualquer trouxixe ou coisa que engana trouxa que seja) em lugares apelidados de 'igrejas' fosse sinal de que DEUS abençoe e prospera alguém, por que somente estes pouquíssimos religiosos é que são milionários ou até arquimilionários???







Porque dELE e por ELE, e para ELE, são todas as coisas; glória pois, a DEUS eternamente;
Nos interesses da Igreja que CRISTO edificou. Amém.


Para se buscar a DEUS é necessário ir a um lugar com nome de igreja??

.

Não!!
Definitivamente, não!!

Porém, temos presenciado ao longo dos anos que muitas pessoas, com seus problemas terrenos (doenças, finanças, amorosos), tentam buscar as soluções nos lugares apelidados de 'igrejas' (igreja instituição, igrejas evangélicas, católica e tantas outras, instituições religiosas) e na pessoa de seus dirigentes.

E outro porém, dizem buscar (ou procurar solução de problemas) a DEUS!! Será??
Nada mais superficial, falso, artificioso, porquanto, se enganam e permitem ser enganadas.

Mas, em Salmos 14, o SENHOR olhou desde os céus para os filhos dos homens, para ver se havia algum que tivesse entendimento e buscasse a DEUS. Desviaram-se todos e juntamente se fizeram imundos: não há quem faça o bem, não há sequer um.

Mas, em Salmos 24 diz, daquele que é limpo de mãos e puro de coração, que não entrega a sua alma à vaidade, nem jura enganosamente. Este receberá a bênção do SENHOR e a justiça do DEUS da sua salvação.

Ainda, nos exorta Salmos 105, "Buscai ao SENHOR e a Sua força; buscai a Sua face continuamente".

E por Isaías 55, sigamos e busquemos "ao SENHOR enquanto se pode achar, invocai-O enquanto está perto."

Sendo uma das maiores verdades em Jeremias 13, e "buscar-me-eis, e me achareis, quando me buscardes com todo o vosso coração"!!

Portanto, busquemos ao SENHOR DEUS e não os lugares apelidados de 'igrejas', pois, DEUS é de infinita misericórdia e, por João 4, testifica que DEUS é ESPÍRITO, procura os verdadeiros adoradores, e importa que os que O adoram O adorem em espírito e em verdade, não por que se vai em um lugar!!



Porque dELE e por ELE, e para ELE, são todas as coisas; glória pois, a DEUS eternamente;
Nos interesses da Igreja que CRISTO edificou. Amém.


Efésios 4.11 usado como fraude evangélica, desmistificada por 1Pedro 2.5

.

Sempre que são confrontados acerca da razão aparente onde se alega para encobrir o motivo de uma necessidade em estar sob a patética “cobertura espiritual” de algum religioso com título de ‘pastor’ ou qualquer outro eclesiástico; os evangélicos e seus lideres recorrem ao pretexto fora do contexto bíblico de Efésios 4.11 pelo qual se fazem, os lideres, em homens perfeitos, à medida de CRISTO, do qual afirma que “ELE mesmo deu uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores”;

Entretanto, tais evangélicos e seus lideres, utilizam-se apenas deste único e isolado versículo (atitude comum aos religiosos e agregados), e assim, se revestem de uma autoridade advinda de mãos humanas, de outros homens corruptos de entendimento; e estes corruptos que fraudam a sã doutrina e as palavras divinas, são justamente os mesmos que os versículos seguintes de Efésios 4, em especial o vs. 14, vem tratar ou testemunhar em exortação, para que “não sejamos mais meninos inconstantes, levados em roda por todo o vento de doutrina, pelo engano dos homens que com astúcia enganam fraudulosamente”.

É em demasia conflitante com a liberdade que CRISTO nos comprou na cruz do Calvário, que muitos evangélicos fiquem a mercê de homens corruptos, homens de índoles de má fé que vivem sobre outrem, pessoas incautas e inconstantes, o perfil evangélico!

Efésios 4.11 entra em conflito com a doutrina das igrejas evangélicas, mesmo por que, o contexto divino nos expressa o amor de DEUS que deu dons aos homens, e não cargos como sugerem os religiosos em suas instituições religiosas apelidadas de 'igrejas'; e para tanto, tais dons querem, pelo testemunho dos vs. 12 e 13, o “aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de CRISTO; até que todos cheguemos à unidade da fé, e ao conhecimento do FILHO de DEUS, a homem perfeito, à medida da estatura completa de CRISTO”.

Quando somos ferrenhos contra os falsos ensinos dos homens e seus títulos, muitos pastores e seus afins nos afrontam, qualificam-nos de rebeldes e de que devemos estar sob a tutela de um religioso; entretanto, porém, devemos ressaltar que, se todos, conforme a doutrina evangélica e de tantas outras do sistema religioso, devem estar sob a cobertura espiritual religiosa, por que, cargas d’água, os senhorios [pastores, bispos, apóstolos, patriarcas, missionários, padres] dos feudos evangélicos e religiosos também não vivem sob a tutela de outros religiosos, afinal, todos, qualquer homem ou mulher que seja, somos sujeitos ao pecado e a falhas??

A aquiescência, ou o caráter que se acomoda ao gosto e vontade dos outros destes religiosos é serem completos e estarem a estatura de CRISTO??
Não, jamais, os dons são para nosso aperfeiçoamento e edificação, mas, contra esta verdade de DEUS e pela aquiescência evangélica, os lideres não necessitam de cobertura espiritual religiosa como seus vassalos membros de suas instituições apelidadas de ‘igrejas’.

Então, a superioridade arrogante e disfarçada em paternalista em relação aos outros é o fundamento em se manipular o texto bíblico de Efésios 4.11 com fins de submeter pessoas aos caprichos religiosos de homens corruptos, sanguessugas, fraudulentos e conhecedores bíblicos, que usam deste artificio para enganar, fazer presas, e se intitulam por conta própria em ‘pastores’ e outros títulos horrendos!

DEUS não deu autoridade nenhuma a qualquer homem que seja para se sobrepor, para se justapor a outro...

... e se os ‘pastores’ e outros religiosos dizem ter com base em Efésios 4.11 autoridade, quanto mais nós, qualquer um que professa a CRISTO somos, e com base em 1Pedro 2.5, como pedras vivas, “edificados casa espiritual e sacerdócio santo, para oferecer sacrifícios espirituais agradáveis a DEUS por JESUS CRISTO”.

Todo e qualquer líder religioso [pastores, bispos, apóstolos, patriarcas, missionários, padres] se abstêm, se privam de maneira proposital das prerrogativas de CRISTO e das incumbências divinas aos obreiros do reino:

"Porque o FILHO do Homem também não veio para ser servido,
mas para servir e dar a Sua vida em resgate de muitos.
" [Marcos 10; Mateus 20]



Porque dELE e por ELE, e para ELE, são todas as coisas; glória pois, a DEUS eternamente;
Nos interesses da Igreja que CRISTO edificou. Amém.


Concílio de Nicéia, a igreja católica romana, mãe das evangélicas

.

Em Iznik, Anatólia ou à comumente chamada antiga Ásia Menor, realizou-se o Concílio de Nicéia, o primeiro Concílio Ecumênico da 'igreja', convocado pelo imperador pagão, Flavius Valerius Constantinus, ou a quem preferir, Constantino.

O imperador observou a coragem dos mártires cristãos durante perseguições; estes se concentravam nos grandes centros urbanos, e em especial, nos territórios inimigos;

Como um estadista sagaz, Constantino, inverteu a política vigente, da perseguição dos cristãos à promoção do Cristianismo, e através da 'igreja', promover a unidade religiosa do seu império; entretanto, não abriu mão de sua condição de sumo sacerdote do culto pagão ao "Sol Invictus", tendo um conhecimento rudimentar da doutrina cristã, e suas intervenções, religiosas, visavam em primeiro plano, fortalecer a monarquia do seu império.

Como soberano absoluto, em 325 dC, convocou 300 bispos ao Concílio de Nicéia, e assim, validar a 'igreja' de uma doutrina padrão, afinal, as divisões dentro da nova religião que nascia, ameaçam seu domínio e autoridade; necessário um Concílio afim de dar-lhe nova estrutura aos seus poderes.

Constantino explicitamente ordenou o curso das negociações, confiando o controle a uma comissão designada por ele próprio; manipulou, pressionou e ameaçou os partícipes para garantir que votariam no que ele acreditava, e não no consenso do bispado;

O Credo de Níceia não fez qualquer referência aos ensinamentos de CRISTO; mesmo por que, talvez nele já não interessassem tanto a uma religião agora sócia do poder imperial romano.

Em resumo

Na influência de Constantino e Teodósio, o Cristianismo tornou-se a religião oficial do império romano, e, por consequência, entrou no desvio;

Institucionalizou-se; surgindo o profissionalismo religioso;

Práticas exteriores do paganismo lhe foram assimiladas;

Criaram-se ritos e rezas, ofícios e oficiantes;

A estrutura teológica foi arquitetada para atender às pretensões absolutistas da casta sacerdotal, dominante, e se impunha aos fiéis com a draconiana (excessivamente severa) afirmação: "Extra Ecclesiam nulla salus”, ou "Fora da igreja não há salvação";

Constantino exigia um império unido e fortalecido, sem dissensões, e para atingir seus anseios e domínio sobre os homens e reprimir com a ditadura religiosa, as então autoridades eclesiásticas romanas deveriam manter a ignorância sobre as Escrituras;

A Bíblia deveria ser diferente; exaltando a Deus e os patriarcas, mas também, forte, se opondo ao próprio DEUS dos Hebreus;

A divindade Arcaica Oriental foi misturada às fábulas com as antigas histórias de Moisés, Elias, Isaías e tantos outros;

No quadro de privilégios e ambições, era expurgada a doutrina de exaltação à responsabilidade individual, ao empenho da renovação interior, para a simples adesão e submissão incondicional aos dogmas da 'igreja';

À perfeita assimilação aos dogmas, é necessário admitir a quintessência teológica:

"Credo quia absurdum", ou, "Acredito mesmo que seja absurdo".

Assim, por influência de Constantino, nascia uma religião forte que servia ao império romano; criando ainda o simbolismo da Sagrada Família e de todos os Santos;

Mas, as verdades do real cânone do Novo Testamento e parte das Sagradas Escrituras deveriam ser suprimidas ou ocultadas;

O Cristianismo tornava-se universal, sendo a religião imperial Católica Apostólica Romana, a poderosa, sustentada pela força e que simulava a graça divina, recomendando o arrependimento e perdão, porém na prática, derrotava inimigos a espada;

Constantino não precisa da tolerância do Cristianismo, mas de uma religião autoritária, rígida, sem evasivas, de raízes profundas no passado e promessa inflexível no futuro;

Uma religião estabelecida mediante poderes, leis e costumes terrenos;

Constantino adaptou sua religião (apostólica romana) a religião do Carpinteiro, deu-lhe origens divinas e assim impressionava o povo, o qual sabendo que JESUS era reconhecido como o próprio DEUS na nova religião que nascia, haveria, porquanto, a facilidade de impor a sua estrutura hierárquica, seu regime monárquico imperial, e assim ganhar poderes amplos, quase inatingíveis.

Em suma:

Nota-se que a religião evangélica (adotada por todas as igrejas evangélicas, denominações, instituições religiosas protestantes) aderiu a supremacia religiosa que Constantino usou para impor sua nova religião, a católica romana!!


.

A doutrina de CRISTO traz liberdade, a doutrina das 'igrejas' faz submissão

.



Um dos maiores embates que os desigrejados têm se firmado, tem resistido, tem feito oposição, é sem dúvidas contra as doutrinas criadas por homens religiosos (através das teologias), onde sempre, fazem uso da Bíblia, de forma a apoderar-se violenta ou fraudulentamente do que pertence a DEUS, chegam a possuir sem direito, obtendo (alguma coisa) por fraude, à viva força; 

Muitos evangélicos hão de dizer que não é assim; mas, é a pura verdade bíblica, admoestada em 2Pedro 2:
"E por avareza farão de vós negócio com palavras fingidas; sobre os quais já de largo tempo não será tardia a sentença, e a sua perdição não dormita.

Ora, estes religiosos (através das teologias) ensinam outra doutrina, e não se conformam com as sãs palavras de nosso SENHOR JESUS CRISTO, e com a doutrina que é segundo a piedade, sendo soberbos, e nada sabem apesar de possuírem um vasto conhecimento secular e bíblico, mas deliram acerca de questões e contendas de palavras, das quais nascem invejas, porfias, blasfêmias, ruins suspeitas, perversas contendas, são homens corruptos de entendimento, e privados da verdade, cuidando que a piedade seja causa de ganho; e para isto, conforme repreende branda e benevolamente (denunciando o mal feito e encarecendo o bem a fazer) 1Timóteo 6, destes, devemos nos apartar:
"Porque o que eles fazem em oculto até dizê-lo é torpe.
Mas todas estas coisas se manifestam, sendo condenadas pela luz, porque a luz tudo manifesta." [Efésios 5]

Portanto, desperta, tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos, e CRISTO te esclarecerá, são palavras divinas:
"Está escrito nos profetas: E serão todos ensinados por DEUS. Portanto, todo aquele que do PAI ouviu e aprendeu vem a mim." [João 6]

E quais doutrinas que estes corruptos de entendimento, religiosos, dilaceram pelos lugares apelidados de 'igrejas', as denominações??

Uma das piores doutrinas dissimuladas nestes antros religiosos, está em que, somente há salvação, adoração e amor se e somente se, as pessoas estiverem "congregando" (frequentando) uma denominação evangélica.

Eis as palavras de um "pastor auxiliar" de uma Assembléia de Deus defendendo as doutrinas de homens, que define os desigrejados de rebeldes:
"(...) Por que razão alguém que se diz adorador não quer congregar nem pertencer a nenhuma denominação evangélica? Não é a mesma fé ? Não é o mesmo Corpo de Cristo? Não é o mesmo Deus que está sendo adorado?
(...) mas ainda está com o pensamento incompleto. Essa é a palavra-chave, REBELDIA. Essa mesma rebeldia... por entender que todas as igrejas estavam erradas, e por isso resolveram criar “a igreja certa”. É exatamente isso que um desigrejado faz. Entendeu agora ?
Não importa as esmolas que se dê, não importa a ajuda social que se realize, não importa quais louvores sejam entoados, nada disso importa pois não está presente o AMOR ágape, mencionado em 1Coríntios 13. Se houvesse esse amor, estariam congregando em alguma denominação evangélica que pregue e viva o Evangelho."

Porquanto, as palavras acima é que denota a crendice (besteirol religioso) na mentira que engana e causa a submissão é de que somente se servirá a DEUS, estando dentro de uma denominação evangélica;

E por que para os religiosos, os desigrejados são rebeldes??

Ora, ora, ora, pelo simples fato de que, para nós, desigrejados, a liberdade está na sã doutrina e em CRISTO e não somos submissos aos homens, mesmo que estes tenham seus títulos eclesiásticos.

Assim, os religiosos [pastores, bispos, missionários, apóstolos, e até os sem respaldo bíblico para o título: pastores auxiliares] se sentem melindrosos e querem que todos estejam sob sua cobertura patética, isolam versículos bíblicos no intuito de ludibriar as pessoas como que DEUS os tem chamado em especial; se fazem de os mais santos; são soberbos, pretensiosos e iracundos.

Mas a verdade bíblica testifica que, DEUS tem chamado sim, homens para o serviço ministerial, porém, estes devem se sentir "menor" a qualquer outro, são chamados para servirem como CRISTO e não para que as pessoas se sintam dependentes deles;
"Mas não sereis vós assim; antes o maior entre vós seja como o menor; e quem governa como quem serve. Pois qual é maior: quem está à mesa, ou quem serve? Porventura não é quem está à mesa? Eu, porém, entre vós sou como AQUELE que serve." [Lucas 22]

Enfim, pastor (bispo, missionário, apóstolo, reverendo, presbítero, padre) não é cargo sacerdotal, pastor é dom de cuidar das ovelhas do Reino, e aliás, não vive "as custas" do evangelho.

Lugares apelidados de 'igrejas' (denominações evangélicas e outras) são como catacumbas, apenas paredes.

DEUS não está procurando se és ou não frequentador de instituições religiosas com placas de 'igrejas', DEUS procura adoradores e quem O adora em espírito e em verdade!!



Porque dELE e por ELE, e para ELE, são todas as coisas; glória pois, a DEUS eternamente;
Nos interesses da Igreja que CRISTO edificou. Amém.


CONGREGAÇÃO não é somente uma igreja evangélica ou outra qualquer!!



Existem milhares de pessoas que se deixam enganar pelos religiosos e suas crendices, fantasias ecumênicas, dogmas e sofisma ou argumento capcioso com que se pretende enganar ou fazer calar a outrem.

Pois bem, é isso o que intentam estes milhares de frequentadores da 'igreja instituição' quando dizemos que não pretendemos ter a convivência neste tipo de locais, afinal, são apenas lugares apelidados com nomes religiosos e fundados por homens, apenas isto!!
Igreja instituição
1 igrejas evangélicas, católica
1 igreja física
3 instituições religiosas com placas de "igrejas"
4 denominações ou comunidades evangélicas
5 lugares apelidados de "igrejas"
6 sistema religioso, cristianismo, religiões
Quando se afirma que é 'desigrejado', ou desvinculado de lugar com nome de 'igreja', muitos querem, por engano, usar de Hebreus 10, e dizer que estamos deixando a congregação ["Não deixando a nossa congregação, como é costume de alguns, antes admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais, quanto vedes que se vai aproximando aquele dia"].

E, uma coisa que estes milhares de seguidores de ensino de homens se esquecem, é de que não devemos sair do contexto bíblico e não usar versículos isolados, e muito menos tentar forçar as pessoas ao ensino equivocado de homens (teologia), e por assim dizer:
congregação não é um lugar com nome de 'igreja'
congregação não é uma instituição
congregação não é uma organização religiosa
Por que "congregação" na Palavra de DEUS [contida na Bíblia] é o corpo de CRISTO, todos quantos professam o FILHO de DEUS Seu SENHOR e SALVADOR, independente de onde se reúne, independente de se estar ou não num lugar com nome de 'igreja', ou 'igreja instituição'.

Milhares não têm entendimento de que, nem todo corpo reunido é Igreja, pois, nem todo corpo que se reúne tem CRISTO como cabeça, visto que, ELE é a cabeça do corpo, da Igreja; é o Princípio e o Primogênito dentre os mortos, para que em tudo tenha a preeminência [Colossenses 1].

E outra crendice do ensino errôneo e feito para enganar, para fraudar, é de que a igreja instituição é obra de DEUS, a maioria dos lideres evangélicos e religiosos [pastores, presbíteros, bispos, missionários, padres, apóstolos, reverendos] afirmam que os lugares fundados por homens e com nome de 'igreja' são obra de DEUS, e ISTO É MENTIRA!!

Desmentido esta história falsa, este dogma e desmascarando os lideres evangélicos e religiosos, a Palavra de DEUS [contida na Bíblia] assevera em João 6:

"A obra de DEUS é esta: Que creiais nAQUELE que ELE enviou."


Porque dELE e por ELE, e para ELE, são todas as coisas; glória pois, a DEUS eternamente;
Nos interesses da Igreja que CRISTO edificou. Amém.


Requisitos de uma verídica Igreja

[]

Muito se tem falado sobre a veracidade das igrejas, tanto evangélicas quanto católica, das comunidades e locais religiosos, do ajuntamento de pessoas em prédios com placas religiosas (instituições religiosas com base no poder público, ou, Código Civil).

Firmados, então, na Palavra de DEUS [contida na Bíblia] que é cristalina e objetiva, a expressão da verdade (contando em nos precaver das adulterações promovidas pela igreja católica e das versões protestantes), busquemos entendimento pelo ESPÍRITO SANTO do que manifesta os sentimentos divinos, as Suas expressões por palavras do que ensejou o FILHO de DEUS acerca da Sua Igreja:

Pois, "também eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela" [Mateus 16].

Porquanto, pela expressão da verdade, a Igreja [a Ekklēsia] verídica, verdadeira, apresentar-se-á três requisitos ao Seu Edificador, Aquele que induziu-se ao bem e à virtude, que por assim dizer, fundou o edifício [1Coríntios 3.9] firmado em DEUS:
1 - Nascer de uma virgem [Lucas 1.27];
2 - Ter morte de cruz [Felipenses 2.8];
3 - Ressuscitar ao terceiro dia [1Coríntios 15.4].
Então, vem-nos a pergunta:
O lugar que você frequenta, chama de 'igreja' e foi fundado, criado por um "homem", possui os requisitos acima??
Certamente não!!
O que, ao analisarmos e refletimos a luz da Palavra divina, entenderemos que ser frequentador ou membro destes lugares apelidados de 'igrejas' fundados por homens ou ser evangélico ou católico ou seguir alguma das religiões, em nada há na Palavra de DEUS que faz esta ou aquela pessoa ser possuidora do ESPÍRITO de DEUS; por que a verdade destas pessoas distorce a visão da Igreja, pois sim, acreditam que a chamada 'Igreja' seja um salão cheio de pessoas...

Entretanto, os crentes, respaldados pela imagem da Palavra de DEUS quanto a Igreja, a Família de DEUS, da qual, bem ajustada e comprometida com os argumentos divinos, unida, entendem que a Igreja são pessoas contempladas a buscar e adorar a DEUS, em espírito e em verdade, partindo a pão entre si, compartilhando de suas dádivas com os menos favorecidos, e estas têm DEUS, DEUS está presente em seus corações, e não por que frequentam um lugar com nome religioso.

O exemplo clássico, próprio para servir ao entendimento e conhecimento da verdadeira Igreja, a Família de DEUS, pela Palavra de DEUS [contida na Bíblia] está em Atos 4, onde “era um o coração e a alma da multidão dos que criam, e ninguém dizia que coisa alguma do que possuía era sua própria, mas todas as coisas lhes eram comuns”...

Em contrapartida, em troca a Atos 4, pessoas têm buscado as 'igrejas' e dizem querer comunhão, todavia, querem é na verdade as patéticas e supostas cobertura de autoridades espirituais de homens religiosos [pastores, bispos, missionários, padres, médiuns, apóstolos] que são tão pecadores quanto elas, outras que vão atrás é de resolver seus problemas terrenos e não buscar a DEUS, e outras que querem a mediação entre si e DEUS de supostos "santos" e logo, por consequência, não possuem a confiança na fé que há em CRISTO JESUS, nosso SENHOR e SALVADOR, MEDIADOR entre DEUS e os homens [1Timóteo 2.5].

... enfim, se o lugar que você frequenta e chama de 'igreja' foi criado ou fundado por um homem que não nasceu de uma virgem, não teve morte de cruz e não ressuscitou ao terceiro dia, sinto em dizer-lhe que, na verdade, você frequenta um lugar inventado por homem, chamado erroneamente de 'igreja' e na grande maioria destes, o intuito é em enganar, ter proveito sobre outrem, na usura de a fé alheia.

Afinal, pelo contexto da Palavra de DEUS, a Igreja de CRISTO não é um lugar, mas é santa, orgânica, pura, não se limita entre paredes, a Igreja de CRISTO são pessoas [Efésios 2].

De modo infeliz, muitos frequentadores de lugares apelidados de 'igrejas' fundados por homens, afirmam que sabem que a Igreja são pessoas, porém, não se afastam destes, antes, os defendem e agradecem por eles. Vai entender!!


Porque dELE e por ELE, e para ELE, são todas as coisas; glória pois, a DEUS eternamente;
Nos interesses da Igreja que CRISTO edificou. Amém.


Clamor pela união em CRISTO

.

É necessário urgência, pelo abrupto surgimento de CRISTO, SENHOR...
... nos concentrar em nossas reuniões, formando "igrejas" nas casas, pelo Brasil.

Inicie uma reunião em sua própria casa, não espere ninguém, você, crente em CRISTO como Seu SENHOR e SALVADOR não necessita de ninguém, nenhum bastardo religioso (os tais pastores, padres, bispos, missionários, reverendos, médiuns, apóstolos) tem poder sobre ti, você, crente em CRISTO é um sacerdote conforme testifica de DEUS o apóstolo Pedro:

"Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido, para que anuncieis as virtudes dAquele que vos chamou das trevas para a Sua maravilhosa luz;" [1Pedro 2]

Ouçam a voz do que clamou no deserto:

Comecem a formação de reuniões em torno de CRISTO em seus lares, evangelismo!!

Pessoas e localidades inteiras saiam do sistema religioso (igrejas regulares, físicas, evangélicas, católicas) e desconfigurem os templos para uma verdadeira Igreja de CRISTO, que se reúnam em suas casas, onde todos podem falar [1Coríntios 14]:

"Que fareis, pois, irmãos? Quando vos ajuntais, cada um de vós tem salmo, tem doutrina, tem revelação, tem língua, tem interpretação. Faça-se tudo para edificação.
E, se alguém falar em língua desconhecida, faça-se isso por dois, ou quando muito três, e por sua vez, e haja intérprete.
Mas, se não houver intérprete, esteja calado na igreja, e fale consigo mesmo, e com DEUS.
E, se alguém falar em língua desconhecida, faça-se isso por dois, ou quando muito três, e por sua vez, e haja intérprete. Mas, se não houver intérprete, esteja calado na igreja, e fale consigo mesmo, e com DEUS."


Chegou a hora de SER a Igreja de CRISTO JESUS.

Reúna seu cônjuge, seus filhos, inicie um trabalho em prol do Reino de DEUS em vossos lares, 
e, as demais coisas DEUS assim proverá, basta crer!!


Deixe de ser manipulado por um religioso em causa do seu dinheiro!




 Porque dELE e por ELE, e para ELE, são todas as coisas; glória pois, a DEUS eternamente;
Nos interesses da Igreja que CRISTO edificou. Amém.


SANTIDADE: O desafio da ‘igreja instituição’ do século 21



Sempre temos encontrado pessoas que frequentam os lugares apelidados de ‘igrejas’ dizendo-se irmãos, entretanto, em hipótese alguma, praticam o que nos é designado por DEUS através de Sua Palavra; vivem pelas tradições humanas, pelas crendices de homens religiosos;

Homens religiosos [pastores, bispos, missionários, apóstolos, reverendos, padres, blá, blá, blá] esses que querem ser superiores aos outros irmãos, usando do legalismo, firmados do fundamentalismo, exercem o formalismo pastoral.

Aliás, por exemplo, o que homens como Silas Malafaia, Edir Macedo, Valdemiro Santiago, Marco Feliciano, RR Soares, Jorge Linhares, ou qualquer outro que seja liderança ou dono de um lugar apelidado deigreja’, tem diante de DEUS que seja superior ou apenas um fio de cabelo maior que qualquer irmão sentado num banco, ou que seja um simples faxineiro??

Nada!! Absolutamente nada!! São pó como qualquer outro, quando morrem descerão a cova como qualquer outro pecador, se não se arrependem e confessam ao Senhor JESUS CRISTO como Senhor e Salvador!!

Lider ou liderança de ‘igreja’ [pastores, bispos, missionários, apóstolos, reverendos, padres, blá, blá, blá] em nada é superior a ninguém, e muito menos podem ser tratados como tal.

Ora, a Palavra de DEUS [contida na Bíblia] nos diz que somos um em CRISTO, e mais ainda nos adverte “que somos muitos, somos um só corpo em Cristo, mas individualmente somos membros uns dos outros” [Romanos 12];

Pela Palavra de DEUS [contida na Bíblia] não existe primazia de quem quer que seja diante outros irmãos, em especial numa reunião ou congregação, afinal, a comunhão dos santos está em CRISTO, e quem nos lidera com gemidos inexprimíveis é o ESPÍRITO SANTO [Romanos 8];

Cada crente é uma pedra viva [1Pedro 2] que edifica o edifício de DEUS [1Coríntios 3], fazendo morada do ESPÍRITO SANTO [1Coríntios 6], independente de qualquer pastor, bispo, missionário, apóstolo, reverendo, padre, blá, blá, blá, somos edificados casa espiritual e sacerdócio santo, para oferecer sacrifícios espirituais agradáveis a DEUS por JESUS CRISTO.

E aqui está o desafio da ‘igreja instituição’ no século 21, dentre outros:

1. Renegar a crendice patética de uma santidade mórbida, enfermiça, doentia, lânguida;
2. Renegar o misticismo;
3. Colocar em reciclagem bíblica obreiros fraudulentos (entenda aqui pastores, bispos, missionários, apóstolos, reverendos, padres, blá, blá, blá) que em nome de DEUS fazem fileiras ao inferno;
4. Rever os valores das pessoas que frequentam a instituição como tão importantes quanto a própria liderança, dando-lhes o principio de irmãos em CRISTO e não simplesmente financiadores e mantenedores ;
5. Ensinos bíblicos firmados na Palavra de DEUS [contida na Bíblia], sem as mesclas de doutrinas denominacionais (como batistas, pentecostais, assembleianas, reformada, blá, blá, blá);
6. Proibição da venda de bugigangas religiosas, tais como lencinhos e meias, terras, águas, canetas, e uma infinidade de porcarias que consomem o suor de pessoas trabalhadoras e humildes;
7. Renegar cantores e pregadores que cobram cachês;

Enfim, o desafio da ‘igreja instituição’ está em levar almas a salvação, a fonte da Vida, CRISTO, pela simplicidade e pureza do evangelho, e reneguem os trejeitos que atraem multidões.

E o principal desafio da ‘igreja instituição’:

Acabar com o estrelismo de lideres religiosos [pastores, bispos, missionários, apóstolos, reverendos, padres, blá, blá, blá] e religiosos de plantão, ninguém é melhor que ninguém diante de DEUS, todos nós estaremos diante o Tribunal de CRISTO [Romanos 14; 2Coríntios 5], e nenhum líder religioso será agraciado com nada por ser líder de uma ‘igreja instituição’, apenas, muito mais lhe será cobrado.

A expressão que os frequentadores de lugares apelidados de ‘igrejas’, a ‘igreja instituição’, precisam buscar, ou seja, está no profundo conhecimento e, por conseguinte, entendimento bíblico de qual seja a boa, agradável e perfeita vontade de DEUS [Romanos 12], e aqueles que almejam o episcopado (pastorado, presbitério, apóstolos, reverendos, padres, blá, blá, blá) [1Timóteo 3], em serem transparentes, viverem o que o apóstolo Pedro exortou que façam não de boca mas de atitude, de testemunho:

Apascentai o rebanho de DEUS, que está entre vós, tendo cuidado dele, não por força, mas voluntariamente; nem por torpe ganância, mas de ânimo pronto; nem como tendo domínio sobre a herança de DEUS, mas servindo de exemplo ao rebanho” [1Pedro 5].

A Igreja de DEUS não permite lideres, Seu líder é o ESPÍRITO SANTO...

A Igreja de DEUS não permite supremacia ou destaque deste ou daquele, somos todos um, mas a manifestação do ESPÍRITO é dada a cada um, para o que for útil, e não somente a lideres [1Coríntios 12]...

A Igreja de DEUS em nada é afligida, não está enferma, é pura, orgânica, viva, as portas do inferno não prevalecem contra Ela [Mateus 16.18], em contra partida, as ‘igrejas instituições’, doentes, sem santidade, comércios religiosos, são as portas do inferno!!

Lembrem-se que as ‘igrejas instituiçõessão qualquer lugar com nome de igreja”, qualquer uma, seja evangélica ou católica, comunidades evangélicas, espíritas, testemunhas de Jeová, ou, todo o sistema religioso e suas religiões.


Porque dELE e por ELE, e para ELE, são todas as coisas; glória pois, a DEUS eternamente;
Nos interesses da Igreja que CRISTO edificou. Amém.


Sua Bíblia vale ouro

.
A importância da Bíblia. Você tem uma em casa?

A Bíblia é a carta de DEUS pra mim e pra você, nEla você encontra histórias verdadeiras e emocionantes de pessoas que viveram neste mundo, inclusive o nosso Jesus, o Filho de DEUS, nosso Senhor e Salvador, que desceu do céu para salvação da humanidade, a todo aquele que crê.

Ah! E também tem a história de como DEUS criou este mundo maravilhoso. Que tal ler um pouquinho esse livro fascinante?

Tenho certeza de que você vai se encantar! Boa leitura.

Feliz quem lê este livro, e felizes aqueles que ouvem as palavras desta mensagem profética” [Apocalipse 1].

DICAS DE COMO CUIDAR DA SUA BÍBLIA:

- Não rasgue suas folhas e nem rabisque;

- Nada de orelhas nas folhinhas da Bíblia;

- Pegue com as mãos limpas e com todo cuidado;

- Tenha um lugar especial para guardar a sua Bíblia;

- Coloque a Bíblia por cima de todos os livros.

Fonte corroborada: Novo Tempo

.