Contexto SAGRADAS ESCRITURAS, 06.ago.2017, João 6

Disse-lhes pois JESUS: Na verdade, na verdade vos digo: Moisés não vos deu o pão do céu; mas Meu PAI vos dá o verdadeiro pão do céu.[Êxodo 16.4,8; Salmos 78.23; João 1.9; 6.33,35]
Porque o pão de DEUS é aquELE que desce do céu e dá vida ao mundo.
Porque faz que o Seu sol se levante sobre maus e bons, e a chuva desça sobre justos e injustos.
[João 6.50; 1João 1.1-2]
Disseram-lhe pois: SENHOR, dá-nos sempre desse pão.[João 4.15; Salmos 4.6]
E JESUS lhes disse: EU SOU o pão da vida; aquele que vem a MIM não terá fome; e quem crê em MIM nunca terá sede.[Mateus 11.28; João 5.40; 6.41; Apocalipse 7.16; Isaías 49.10; 55.1-3]

[44095]

Efésios 4.11 usado como fraude evangélica, desmistificada por 1Pedro 2.5

.

Sempre que são confrontados acerca da razão aparente onde se alega para encobrir o motivo de uma necessidade em estar sob a patética “cobertura espiritual” de algum religioso com título de ‘pastor’ ou qualquer outro eclesiástico; os evangélicos e seus lideres recorrem ao pretexto fora do contexto bíblico de Efésios 4.11 pelo qual se fazem, os lideres, em homens perfeitos, à medida de CRISTO, do qual afirma que “ELE mesmo deu uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores”;

Entretanto, tais evangélicos e seus lideres, utilizam-se apenas deste único e isolado versículo (atitude comum aos religiosos e agregados), e assim, se revestem de uma autoridade advinda de mãos humanas, de outros homens corruptos de entendimento; e estes corruptos que fraudam a sã doutrina e as palavras divinas, são justamente os mesmos que os versículos seguintes de Efésios 4, em especial o vs. 14, vem tratar ou testemunhar em exortação, para que “não sejamos mais meninos inconstantes, levados em roda por todo o vento de doutrina, pelo engano dos homens que com astúcia enganam fraudulosamente”.

É em demasia conflitante com a liberdade que CRISTO nos comprou na cruz do Calvário, que muitos evangélicos fiquem a mercê de homens corruptos, homens de índoles de má fé que vivem sobre outrem, pessoas incautas e inconstantes, o perfil evangélico!

Efésios 4.11 entra em conflito com a doutrina das igrejas evangélicas, mesmo por que, o contexto divino nos expressa o amor de DEUS que deu dons aos homens, e não cargos como sugerem os religiosos em suas instituições religiosas apelidadas de 'igrejas'; e para tanto, tais dons querem, pelo testemunho dos vs. 12 e 13, o “aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de CRISTO; até que todos cheguemos à unidade da fé, e ao conhecimento do FILHO de DEUS, a homem perfeito, à medida da estatura completa de CRISTO”.

Quando somos ferrenhos contra os falsos ensinos dos homens e seus títulos, muitos pastores e seus afins nos afrontam, qualificam-nos de rebeldes e de que devemos estar sob a tutela de um religioso; entretanto, porém, devemos ressaltar que, se todos, conforme a doutrina evangélica e de tantas outras do sistema religioso, devem estar sob a cobertura espiritual religiosa, por que, cargas d’água, os senhorios [pastores, bispos, apóstolos, patriarcas, missionários, padres] dos feudos evangélicos e religiosos também não vivem sob a tutela de outros religiosos, afinal, todos, qualquer homem ou mulher que seja, somos sujeitos ao pecado e a falhas??

A aquiescência, ou o caráter que se acomoda ao gosto e vontade dos outros destes religiosos é serem completos e estarem a estatura de CRISTO??
Não, jamais, os dons são para nosso aperfeiçoamento e edificação, mas, contra esta verdade de DEUS e pela aquiescência evangélica, os lideres não necessitam de cobertura espiritual religiosa como seus vassalos membros de suas instituições apelidadas de ‘igrejas’.

Então, a superioridade arrogante e disfarçada em paternalista em relação aos outros é o fundamento em se manipular o texto bíblico de Efésios 4.11 com fins de submeter pessoas aos caprichos religiosos de homens corruptos, sanguessugas, fraudulentos e conhecedores bíblicos, que usam deste artificio para enganar, fazer presas, e se intitulam por conta própria em ‘pastores’ e outros títulos horrendos!

DEUS não deu autoridade nenhuma a qualquer homem que seja para se sobrepor, para se justapor a outro...

... e se os ‘pastores’ e outros religiosos dizem ter com base em Efésios 4.11 autoridade, quanto mais nós, qualquer um que professa a CRISTO somos, e com base em 1Pedro 2.5, como pedras vivas, “edificados casa espiritual e sacerdócio santo, para oferecer sacrifícios espirituais agradáveis a DEUS por JESUS CRISTO”.

Todo e qualquer líder religioso [pastores, bispos, apóstolos, patriarcas, missionários, padres] se abstêm, se privam de maneira proposital das prerrogativas de CRISTO e das incumbências divinas aos obreiros do reino:

"Porque o FILHO do Homem também não veio para ser servido,
mas para servir e dar a Sua vida em resgate de muitos.
" [Marcos 10; Mateus 20]



Porque dELE e por ELE, e para ELE, são todas as coisas; glória pois, a DEUS eternamente;
Nos interesses da Igreja que CRISTO edificou. Amém.


2 comentários:

o crente disse...

Na verdade, os religiosos buscam se firmar na Bíblia como forma de imposição e não como Cristo.

Querem ser superiores aos outros, afinal o ego é o fruto do ventre deles.

Presbítero Santos disse...

Graça e paz!

D'us nos deu Sua Palavra, poder de convencer os homens de seus pecados e levá-los ao arrependimento.

Mas, os corruptos de entendimento, mesmo conhecendo o poder de D'us, querem ser eles a razão de pessoas estarem enchendo as igrejas.