Contexto SAGRADAS ESCRITURAS, 06.ago.2017, João 6

Disse-lhes pois JESUS: Na verdade, na verdade vos digo: Moisés não vos deu o pão do céu; mas Meu PAI vos dá o verdadeiro pão do céu.[Êxodo 16.4,8; Salmos 78.23; João 1.9; 6.33,35]
Porque o pão de DEUS é aquELE que desce do céu e dá vida ao mundo.
Porque faz que o Seu sol se levante sobre maus e bons, e a chuva desça sobre justos e injustos.
[João 6.50; 1João 1.1-2]
Disseram-lhe pois: SENHOR, dá-nos sempre desse pão.[João 4.15; Salmos 4.6]
E JESUS lhes disse: EU SOU o pão da vida; aquele que vem a MIM não terá fome; e quem crê em MIM nunca terá sede.[Mateus 11.28; João 5.40; 6.41; Apocalipse 7.16; Isaías 49.10; 55.1-3]

[44095]


O FILHO de DEUS não nasceu em 25 de dezembro.
Então, entenda!!

.

[Em compilação com o amado irmão Edward Burke Junior]

Sigamos a exortação de Efésios 5:

"Portanto, vede diligentemente como andais, não como néscios, mas como sábios, 
usando bem cada oportunidade, porquanto os dias são maus."

Quando chegamos, principalmente nesta época do ano, há várias manifestações quanto à comemoração do natal; uns de repúdio, outros de desprezo e outros que se conformam.

Definitivamente JESUS não nasceu em 25 de dezembro.

E podemos fazer as contas de duas formas:

- A primeira, temos em Lucas, capítulo 1, quando nos fala de Zacarias, pai de João Batista; e a Palavra nos mostra que ele ia cumprir a sua função sacerdotal e era da turma de Abias;
em 1Crônicas 24.1-19 nos mostra que esta era a oitava turma a servir no templo; o primeiro mês a contar é o de Abibe [Êxodo 12.1-2] que para nós corresponde ao mês de março;
pelas contas Zacarias entrou no templo no mês de Tamuz, que corresponde a junho, quando Izabel ficou grávida; sabemos que Maria concebeu (engravidou) a JESUS seis meses depois [Lucas 1.26-38], isto é em dezembro;
portanto, JESUS  nasceu no final de setembro, começo de outubro!!

- Uma outra conta que podemos fazer é que JESUS morreu na Páscoa dos judeus, que era comemorado no dia 14 do mês de Nisã, isto é, cerca de 1 de abril; ELE tinha cerca de 33 anos e meio, então isto confirma seu nascimento próximo de outubro!!

Bem, o que fazer então?
Vamos comemorar neste 25 de dezembro o nascimento de JESUS??
Isto seria uma brincadeira uma vez que temos conhecimento da verdade!!
Vamos usar de repúdio neste dia, manifestar desprezo ou nos conformar? Temos que ser sábios.
Devemos usar bem cada oportunidade, e esta é uma para falar de JESUS , o Autor e Consumador da nossa fé; que só nELE há salvação, e que ELE é o único mediador entre DEUS e os homens.
Não se torne uma pessoa intransigente, carrancuda, mesmo um néscio, mas um instrumento do SENHOR para corrigir com mansidão os que resistem, na esperança que DEUS lhes conceda o arrependimento para conhecerem plenamente a verdade.
Lembre-se da misericórdia que o SENHOR teve do seu tempo de ignorância.
É misericórdia que o SENHOR quer, e não sacrifício!!


"Porque eu quero a misericórdia, e não o sacrifício;
e o conhecimento de DEUS, mais do que os holocaustos."

[Oséias 6]


Porque dELE e por ELE, e para ELE, são todas as coisas; glória pois, a DEUS eternamente;
Nos interesses da Igreja que CRISTO edificou. Amém.


Lideranças eclesiásticas fazem contínuos meninos da fé

.


Diversas perguntas não encontram respostas sobre tanto vislumbre e dependência aos homens religiosos (lideranças eclesiásticas) e em seus sermões patéticos!!

Esclarecendo que, lideranças eclesiásticas, são os religiosos obreiros da 'igreja instituição' e/ou, instituições religiosas, algumas apelidadas de 'igrejas', os tais pastores (tanto presidentes, como auxiliares), bispos, missionários, apóstolos, reverendos, padres, médiuns, e todo e qualquer cargo nestas instituições.

Pois bem, sempre que ressaltamos o assunto 'liderança' da igreja instituição, muitos querem nos calar e que não podemos fazer qualquer recriminação ou até mesmo comentários sobre as falhas, enganos, usurpação da Bíblia como forma de justificar anseios do próprio ventre, charlatanismo, equívocos dos representantes de um povo que afirma buscar a DEUS, ambos dizem não estar na carne, mas no ESPÍRITO, se é que o ESPÍRITO de DEUS habita neles!!

Jamais devemos e de forma nenhuma poderemos, como arautos [Isaías 58], nos calar ante este grupo de lideranças eclesiásticas e seu linguajar religioso artificial que é incompreensível para as pessoas que frequentam os lugares apelidados de 'igrejas', incautas e inconstastes, do "não toqueis no ungido do SENHOR"!!

Além deste jargão religioso, as lideranças eclesiásticas tem por estelionato bíblico:

- usar de Efésios 4.11, dizendo que DEUS os constituiu como guias e lideres do rebanho, porém, aqueles que se permitem em conhecer e confessar que o FILHO de DEUS é Seu SENHOR e SALVADOR, pelo batismo do ESPÍRITO SANTO, são conduzidos, guiados, não necessitam de outros homens, mesmo por que, DEUS tem dado dons espirituais, não cargos, para o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo (a Igreja santa, pura, imaculada, sem paredes, orgânica) de CRISTO; até que cheguem à unidade da fé, e ao conhecimento do FILHO de DEUS, a homem perfeito, à medida da estatura completa de CRISTO, para que não sejam mais meninos inconstantes, levados em roda por todo o vento de doutrina das denominações e instituições religiosas, pelo engano dos homens que com astúcia, pela fraude, enganam, e que por indução maligna às mentes incautas, limitam a ação do ESPÍRITO SANTO;

- usar de Hebreus 13.17, para impor autoridade e sujeição sobre os outros, entretanto, DEUS não tem constituído homens para que tenha domínio sobre a herança, mas servir de exemplo, apascentando o rebanho de DEUS, tendo cuidado dele, não por força, mas voluntariamente; nem por torpe ganância, mas de ânimo pronto [1Pedro 5];

- contudo, a verdade bíblica que as lideranças eclesiásticas deturpam e escondem é que os ministros do evangelho segundo Efésios [4.11] recebem 'autoridade' de DEUS para levarem as pessoas a CRISTO e velar por elas [Hebreus 13];
mas, não há testemunho bíblico de que devem, por exemplo, dentre outros, receber dízimos e ofertas para compra de terrenos, construção de templos, carros e aviões, pagamento de funcionários, papel higiênico, material de escritório, sustento de família, usar estolas para se diferenciarem dos demais membros...

A unção do ESPÍRITO SANTO [1João 2], ensina, guia, orienta, da convicção ao crente de que ele tem liberdade em CRISTO, não precisa se submeter a homens e seus cargos eclesiásticos;
pelo engano e crendice, muitos aceitam que é apenas sobre as lideranças eclesiásticas que a unção esteja; não é por que o, erroneamente chamado de 'líder', recebeu uma ungida (geralmente é bruzuntada de óleo barato mesmo) de outro homem que se faz melhor que os outros, que ele se torna liderança eclesiástica!!

A unção do ESPÍRITO SANTO é um acontecimento serendipitoso |ô|, é feliz, agradável e acontece de forma inesperada, e não por força ou vontade de outros homens, ninguém, ninguém mesmo, precisa de sermões de religiosos das lideranças eclesiásticas que de seus púlpitos ou patéticos programas de tv, dão cusparadas em discursos débeis, anunciam apenas dois ou três versículos bíblicos que usam de forma pouco perceptível, insignificante, usam negócios ou fatos seculares, atributos mundanos, para justificar suas ideias (não entendimento bíblico).

A exposição da Palavra de DEUS [contida na Bíblia] é o ápice da pregação do anúncio da salvação na pessoa de nosso SENHOR e SALVADOR, o FILHO de DEUS; pregar não é para abduzir, arrebatar o entendimento de meninos na fé.

A exposição da Palavra de DEUS [contida na Bíblia] é mantimento sólido para os perfeitos, os quais, em razão do costume, têm os sentidos exercitados para discernir tanto o bem como o mal [Hebreus 5];

Somos criados pela exposição da Palavra de DEUS [contida na Bíblia] com leite, e não com carne [1Coríntios 3], entretanto, os evangélicos e tantos outros que andam pelas lideranças eclesiásticas, ainda não podem, nem tampouco ainda agora podem, porque ainda são carnais; pois, havendo entre eles inveja, contendas e dissensões, não são porventura carnais, e não andam segundo os homens?
Porque, dizendo um: Eu sou assembleiano; e outro: Eu batista; e outro: Eu presbiteriano; e tantas outras denominações e religiões; porventura não são carnais?

O grande, sinistro, funesto problema das lideranças eclesiásticas é que, devendo já ter entendimento pelo tempo, ainda necessitam de que se vos torne a ensinar quais sejam os primeiros rudimentos das palavras de DEUS;
fazem aos outros e a si mesmos de meninos na fé, apesar de cursos teológicos, conhecimentos bíblicos, insinuam que homens religiosos, as lideranças eclesiásticas, criaturas imperfeitas, pecadoras detêm alguma coisa, e porquanto, deturpam que o verdadeiro entendimento bíblico, o ensino das Sagradas Escrituras vem de DEUS pela unção/ação do ESPÍRITO SANTO!!

Mas, a estes, responde, pois, Jesus, e diz:

"Está escrito nos profetas: E serão todos ensinados por DEUS.
Portanto, todo aquele que do PAI ouviu e aprendeu vem a mim[João 6].



Porque dELE e por ELE, e para ELE, são todas as coisas; glória pois, a DEUS eternamente;
Nos interesses da Igreja que CRISTO edificou. Amém.


.

Ser desigrejado é sair da instituição. Apenas!!


Assalto a luz da Bíblia??!!

.

Tumblr_m7xk5lugff1ra9ykoo1_500_large
Muitos, evangélicos, têm permitido em se fazer de presas (mantenedores, financiadores) de um sistema que utiliza da Bíblia como forma de manutenção para entidades religiosas apelidadas de 'igrejas', e por conseguinte, do sustento de seus fundadores e idealizadores.

E esta atitude não passa de falta de entendimento da Palavra de DEUS [contida na Bíblia].

Sempre quando fazemos alguma abordagem que se refere ao vil metal, dinheiro, algumas dezenas de evangélicos se fazem de melindrosos e dizem que nos apegamos ao dinheiro e que vez por outra, de maneira sistemática, preferem que nos calamos e ficam de ouvidos arreganhados para degustarem a podridão religiosa que seus pastores proferem dos púlpitos mercenários, assaltando a luz da Bíblia!!

A Bíblia não dá autoridade a ninguém, a nenhum ser vivo racional, para que a use de forma a sustentar instituições e muito menos a prole (filhos, geralmente, problemáticos) de pastores, bispos, apóstolos, reverendos, padres.

Somente pessoas avarentas, tolas, ingênuas, possessivas e que buscam facilidades nesta vida terrena aceitam em entregar dinheiro em forma de dízimos, ofertas, boletas, ajuda, ou qualquer outro título que seja, nas mãos de um religioso e esperar bênçãos de DEUS; que, aliás, jamais virá!!

A Palavra de DEUS [contida na Bíblia] diz em 2Coríntios 3 que, todos nós, com rosto descoberto, refletindo como um espelho a glória do SENHOR, somos transformados de glória em glória na mesma imagem, como pelo ESPÍRITO do SENHOR;

Porém, sem dúvidas alguma, muitos evangélicos têm esmurrado o próprio reflexo da glória do SENHOR em detrimento a ouvir homens religiosos e não a voz do BOM PASTOR!!!


Porque dELE e por ELE, e para ELE, são todas as coisas; glória pois, a DEUS eternamente;
Nos interesses da Igreja que CRISTO edificou. Amém.