Contexto SAGRADAS ESCRITURAS, 21.mar.2017, Mateus 18

Porque o FILHO do homem veio salvar o que se tinha perdido.
[Lucas 19.10,56; Mateus 9.12-13; 10.6; 15.24]
Que vos parece? Se algum homem tiver cem ovelhas, e uma delas se desgarrar, não irá pelos montes, deixando as noventa e nove, em busca da que se desgarrou?
[Lucas 15.4-7; Ezequiel 34.12; Mateus 21.28; 1Reis 21.17]
E, se porventura a acha, em verdade vos digo que maior prazer tem por aquela, do que pelas noventa e nove que se não desgarraram.
[Salmos 147.11; Isaías 53.11; 62.5; Jeremias 32.37-41]
Assim também não é a vontade de vosso PAI, que está nos céus, que um destes pequeninos se perca.
[João 17.12; Isaías 40.11; Zacarias 13.7; Mateus 5.16]

[39155]

A doutrina de CRISTO traz liberdade, a doutrina das 'igrejas' faz submissão

.



Um dos maiores embates que os desigrejados têm se firmado, tem resistido, tem feito oposição, é sem dúvidas contra as doutrinas criadas por homens religiosos (através das teologias), onde sempre, fazem uso da Bíblia, de forma a apoderar-se violenta ou fraudulentamente do que pertence a DEUS, chegam a possuir sem direito, obtendo (alguma coisa) por fraude, à viva força; 

Muitos evangélicos hão de dizer que não é assim; mas, é a pura verdade bíblica, admoestada em 2Pedro 2:
"E por avareza farão de vós negócio com palavras fingidas; sobre os quais já de largo tempo não será tardia a sentença, e a sua perdição não dormita.

Ora, estes religiosos (através das teologias) ensinam outra doutrina, e não se conformam com as sãs palavras de nosso SENHOR JESUS CRISTO, e com a doutrina que é segundo a piedade, sendo soberbos, e nada sabem apesar de possuírem um vasto conhecimento secular e bíblico, mas deliram acerca de questões e contendas de palavras, das quais nascem invejas, porfias, blasfêmias, ruins suspeitas, perversas contendas, são homens corruptos de entendimento, e privados da verdade, cuidando que a piedade seja causa de ganho; e para isto, conforme repreende branda e benevolamente (denunciando o mal feito e encarecendo o bem a fazer) 1Timóteo 6, destes, devemos nos apartar:
"Porque o que eles fazem em oculto até dizê-lo é torpe.
Mas todas estas coisas se manifestam, sendo condenadas pela luz, porque a luz tudo manifesta." [Efésios 5]

Portanto, desperta, tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos, e CRISTO te esclarecerá, são palavras divinas:
"Está escrito nos profetas: E serão todos ensinados por DEUS. Portanto, todo aquele que do PAI ouviu e aprendeu vem a mim." [João 6]

E quais doutrinas que estes corruptos de entendimento, religiosos, dilaceram pelos lugares apelidados de 'igrejas', as denominações??

Uma das piores doutrinas dissimuladas nestes antros religiosos, está em que, somente há salvação, adoração e amor se e somente se, as pessoas estiverem "congregando" (frequentando) uma denominação evangélica.

Eis as palavras de um "pastor auxiliar" de uma Assembléia de Deus defendendo as doutrinas de homens, que define os desigrejados de rebeldes:
"(...) Por que razão alguém que se diz adorador não quer congregar nem pertencer a nenhuma denominação evangélica? Não é a mesma fé ? Não é o mesmo Corpo de Cristo? Não é o mesmo Deus que está sendo adorado?
(...) mas ainda está com o pensamento incompleto. Essa é a palavra-chave, REBELDIA. Essa mesma rebeldia... por entender que todas as igrejas estavam erradas, e por isso resolveram criar “a igreja certa”. É exatamente isso que um desigrejado faz. Entendeu agora ?
Não importa as esmolas que se dê, não importa a ajuda social que se realize, não importa quais louvores sejam entoados, nada disso importa pois não está presente o AMOR ágape, mencionado em 1Coríntios 13. Se houvesse esse amor, estariam congregando em alguma denominação evangélica que pregue e viva o Evangelho."

Porquanto, as palavras acima é que denota a crendice (besteirol religioso) na mentira que engana e causa a submissão é de que somente se servirá a DEUS, estando dentro de uma denominação evangélica;

E por que para os religiosos, os desigrejados são rebeldes??

Ora, ora, ora, pelo simples fato de que, para nós, desigrejados, a liberdade está na sã doutrina e em CRISTO e não somos submissos aos homens, mesmo que estes tenham seus títulos eclesiásticos.

Assim, os religiosos [pastores, bispos, missionários, apóstolos, e até os sem respaldo bíblico para o título: pastores auxiliares] se sentem melindrosos e querem que todos estejam sob sua cobertura patética, isolam versículos bíblicos no intuito de ludibriar as pessoas como que DEUS os tem chamado em especial; se fazem de os mais santos; são soberbos, pretensiosos e iracundos.

Mas a verdade bíblica testifica que, DEUS tem chamado sim, homens para o serviço ministerial, porém, estes devem se sentir "menor" a qualquer outro, são chamados para servirem como CRISTO e não para que as pessoas se sintam dependentes deles;
"Mas não sereis vós assim; antes o maior entre vós seja como o menor; e quem governa como quem serve. Pois qual é maior: quem está à mesa, ou quem serve? Porventura não é quem está à mesa? Eu, porém, entre vós sou como AQUELE que serve." [Lucas 22]

Enfim, pastor (bispo, missionário, apóstolo, reverendo, presbítero, padre) não é cargo sacerdotal, pastor é dom de cuidar das ovelhas do Reino, e aliás, não vive "as custas" do evangelho.

Lugares apelidados de 'igrejas' (denominações evangélicas e outras) são como catacumbas, apenas paredes.

DEUS não está procurando se és ou não frequentador de instituições religiosas com placas de 'igrejas', DEUS procura adoradores e quem O adora em espírito e em verdade!!



Porque dELE e por ELE, e para ELE, são todas as coisas; glória pois, a DEUS eternamente;
Nos interesses da Igreja que CRISTO edificou. Amém.